AL-Noticias

Interior

Operação integrada cumpre mandados contra integrantes de Organização Criminosa

Publicado em:    12 jan 2018 às 11:49,    Com Vanessa Siqueira     Última atualização em: Janeiro 12, 2018 às 11:49

A Secretaria de Segurança Pública realizou na manhã desta sexta-feira (12) uma operação integrada com o objetivo de cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos de integrar uma organização criminosa suspeita de tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e outros crimes. A ação aconteceu nos municípios alagoanos de Matriz do Camaragibe e Porto Calvo e em Capela, no estado de Sergipe.

A operação é fruto de um trabalho de investigação realizado pela SSP com apoio da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, onde foi constatada a existência de uma organização criminosa em Matriz de Camaragibe, atuando especificamente na Rua do Caranguejo, mas que possuía ramificação no estado vizinho.

O Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público do Estado (MPE), representou os mandados e a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 14 mandados de busca e apreensão e 16 de prisão. A ação teve a participação de militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 6º Batalhão.

Até o momento foram presos Diego Rodrigo Pina de Almeida, Ivanilza Félix da Silva, conhecida como “Dona Baby”, Ronaldo José da Silva, o “Bido”, Márcia Maria da Silva, Leonice Maria da Silva, a “Lena”, José Ricardo Mendes da Silva, conhecido como “Jhonny”, Fábio Gerônimo dos Santos, o “Fabinho”, Marcos Luiz Félix da Silva, conhecido como “Big Big”, e Edivaldo Soares da Silva, o “Valdinho”.

José Ricardo, o “Jhonny”, foi preso pela polícia em Sergipe. Também foram apreendidos cinco revólveres calibre 38, duas espingardas, uma garrucha, munições, 21 pedras de crack, 29 bombinhas de maconha e cerca de R$ 2 mil em espécie.

Todo o material e os presos foram levados para a Delegacia de Matriz de Camaragibe e os suspeitos serão posteriormente encaminhados ao sistema prisional alagoano.

O PORTAL AL-Notícias e seus colaboradores não emitem nenhum comentário para não expressar opinião. Sendo assim comentários emitidos aqui são de inteira responsabilidade de seus autores atendendo assim a nossa Política de Privacidade. É expressamente proibida a emissão de comentários cujo teor contenha palavras de baixo calão que desrespeita a ética moral, a lei e os bons costumes da sociedade. O PORTAL tem autonomia para moderar e repudiar, sem prévio aviso, comentários postados que firam critérios contidos neste aviso.

Não há comentários Vou comentar!

Ainda não há comentários.

Deixe seu comentário