AL-Noticias

Capital

Operação integrada cumpre mandados contra integrantes de Organização Criminosa

Publicado em:    1 dez 2017 às 11:52,    SSP Alagoas     Última atualização em: dezembro 1, 2017 às 11:52

Uma operação integrada cumpre, nesta sexta-feira (1º), mandados de busca e apreensão e de prisão contra suspeitos de tráfico de drogas, homicídios e outros crimes. A ação ocorre em Maceió e Rio Largo.

Operação é fruto de um trabalho de investigação realizado pela Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Após os levantamentos, ficou constatada a existência de uma Organização Criminosa (Orcrim) na Região Metropolitana de Maceió, que atuava no Benedito Bentes e possuía ramificação no município de Rio Largo, com atuação no conjunto Jarbas Oiticica.

Ao todo serão cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e 21 de prisão, que foram representados pela Delegacia de Repressão ao Narcotráfico e expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

A população pode auxiliar a Segurança Pública a identificar outros integrantes da organização criminosa realizando denúncias pelo 181 Disque-Denúncia. A identidade do denunciante não será revelada.

Além da SSP, participam da operação o Grupamento Aéreo, Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), Asfixia, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Radiopatrulha (BPRp), Batalhão Escolar (BPEsc), Batalhão de Trânsito (BPTran), e policiais do 5º e 8º Batalhão da Polícia Militar.

O PORTAL AL-Notícias e seus colaboradores não emitem nenhum comentário para não expressar opinião. Sendo assim comentários emitidos aqui são de inteira responsabilidade de seus autores atendendo assim a nossa Política de Privacidade. É expressamente proibida a emissão de comentários cujo teor contenha palavras de baixo calão que desrespeita a ética moral, a lei e os bons costumes da sociedade. O PORTAL tem autonomia para moderar e repudiar, sem prévio aviso, comentários postados que firam critérios contidos neste aviso.

Não há comentários Vou comentar!

Ainda não há comentários.

Deixe seu comentário