Alagoas deverá ter a maior disputa de todos os tempos por uma vaga na Câmara Federal.
Conteúdo publicado por Divulgação em: 11/06/2013 às 8:39h.
Compartilhe com mais pessoas

Com José Feitosa

[singlepic id=12958 w=320 h=240 mode=watermark float=right]Ainda não foi dada a largada para o pleito de 2014, mas  os possíveis postulantes a disputa ao Governo e ao Senado por Alagoas começam a se lançar. Mas quando o assunto é a disputa pela câmara federal o cenário ainda é incerto devido às composições e ajustes partidários.

Dos nove deputados federais em atuação por alagoas, seis deverá concorrer à reeleição: Arthur Lira, Paulão, Maurício Quintella, João Lyra, Rosinha da Adefal e Givaldo Carimbão. Francisco Tenório deverá disputar uma vaga na Assembléia legislativa de Alagoas, para garantir a imunidade parlamentar.

Alexandre Toledo que assumiu a vaga de Rui Palmeira, eleito prefeito de Maceió, deve mesmo é disputar o governo do Estado pelo PSB, a pedido do presidenciável Eduardo Campos, governador de Pernambuco. Enquanto Renan Filho ainda há dúvidas por uma questão majoritária; que só deverá ser decidida nos próximos meses.

Entre os novos pré-candidatos destaca-se: Luciano Barbosa, Max Beltrão, Antonio Albuquerque, Cícero Almeida, Ronaldo Lessa, Pedro Vilela (Sobrinho do Governador Teotônio Vilela), João Calcas, Abraão Moura, Marcelino Alexandre e Heloisa Helena caso não concorra ao Senado Federal.

A partir de Outubro próximo iniciará o desenho do cenário político de 2014, com as formações das coligações. Levando em consideração que a câmara federal na última eleição teve uma renovação de 66%, e o numero de vagas diminuíram para 8, apenas dois ou três deputados federais do atual quadro pode retornar para Brasília.

O que o caro leitor acha? Opine!