Construção dos postos de Saúde do Hélio Jatobá III e Canto da Saudade foram iniciados na gestão de Rosiane Santo
Conteúdo publicado por Divulgação em: 09/09/2012 às 10:48h.
Compartilhe com mais pessoas

Por Assessoria

Cuidar da saúde dos miguelenses sempre foi prioridade nos governos passados, quando foram construídos 21 postos de saúde e outros não foram concluídos em virtude da justiça haver cassado os direitos políticos da então prefeita Rosiane Santos. A atual administração exibe mais uma mentira para o povo de São Miguel, quando anuncia a inauguração de dois postos de saúde como sendo de autoria da atual administração. Um na comunidade do Hélio Jatobá III e o outro no loteamento Canto da Saudade.

Acompanhada do construtor Geraldo Emiliano, a reportagem chegou até os locais onde os postos serão inaugurados. No Hélio Jatobá III, as obras do posto de saúde daquela comunidade foi reiniciada semana passada com o objetivo de ser entregue a população antes da eleição, como forma de angariar votos.

A reportagem detectou a falta de consideração ao governo federal, quando a placa que anuncia a obra e que deveria estar fixada em frente à obra, ela foi retirada e colocada dentro do prédio. Moradores vizinhos da obra informaram que ela foi reiniciada semana passada. Uma senhora que passava no local viu os a movimentação de poucos trabalhadores e disse: “É desespero, estão fazendo a obra a toque de caixa” ironizou.

Assessoria

Segundo a assessoria do candidato Nivaldo Jatobá, os projetos da construção de dois postos de saúde foram da administração da então prefeita Rosiane Santos, que fez a licitação da obra e deu inicio à construção, com a primeira parcela de 20 mil reais, quando foi feito o aterramento, alicerço e cobertura do Posto do Hélio Jatobá III. Já no posto do loteamento Canto da Saudade só deu para fazer o aterramento.   Só no Hélio Jatobá, a obra orçada em R$ 486.822,91, tinha o prazo de 120 dias para ser entregue, mas já passa de onze meses e foi iniciada na gestão de Rosiane Santos, pela construtora MA Pires Ferreira Engenharia, tendo como engenheiro responsável Marcos André Pires Ferreira.

[nggallery id=813]