Governo entrega sistemas de abastecimento em Cacimbinhas, beneficiando 57 famílias
Conteúdo publicado por Divulgação em: 08/07/2016 às 15:47h.
Compartilhe com mais pessoas

Inauguração dos sistemas ocorreu no sábado (2), na comunidade de Gravatá

A ordem de serviço assinada pelo Governo de Alagoas, em novembro do ano passado, para construir sistemas de abastecimento de água na região do Semiárido, agora passa a ser realidade no município de Cacimbinhas.

Após destravar processos e autorizar a execução do Programa Água Para Todos em Alagoas, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) entregou, neste sábado (2), dois sistemas de abastecimento simplificado de água nas comunidades de Gravatá e Lagoa das Várzeas.

Os trabalhos desenvolvidos pela Semarh, em convênio firmado com o Ministério da Integração Nacional, disponibilizam água potável e apta ao consumo humano para, aproximadamente, 57 famílias localizadas nos dois povoados do município.

Os sistemas de abastecimento consistem, inicialmente, na perfuração de poços. Posteriormente, a água encontrada e com vazão suficiente é direcionada para caixas d´água e ampliadas para as residências.  Como a água encontrada no subsolo da região do Semiárido é salinizada e inapta ao consumo humano, a Secretaria autorizou a instalação de um sistema de dessalinização.

Durante a inauguração dos sistemas no povoado de Gravatá, o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Alexandre Ayres, reforçou a importância de cumprir o que foi prometido em um passado recente.

“Assinamos a ordem de serviço em setembro e, agora, estamos arcando com a nossa responsabilidade. Os sistemas de abastecimento entregues neste sábado vão contribuir com acesso fácil à água, consumo humano e também em investimento na agricultura, função desenvolvida com frequência na região do Semiárido”, declarou o secretário.

Incentivador dos investimentos hídricos na comunidade de Gravatá, o agricultor Nemoenio Barbosa da Silva, conhecido como Zé Moreno, compreende que além de ter água na porta de cada residência, existe a necessidade de zelar para a preservação da obra constituída nos povoados de Gravatá e Lagoas das Várzeas.

Ao fim da inauguração dos sistemas, o secretário Alexandre Ayres reforçou que o Governo de Alagoas assinou em 2015 um convênio com o Governo Federal para construir 160 sistemas de abastecimento simplificado no Estado, num investimento total de R$ 20 milhões.