Motoristas de vans fazem protesto e bloqueiam sete trechos no interior
Conteúdo publicado por Divulgação em: 21/09/2011 às 14:39h.
Compartilhe com mais pessoas

Um grupo de motoristas de vans que fazem transporte alternativo de passageiros realiza um protesto, na manhã desta quarta-feira (21), em oito pontos do Estado.

[singlepic id=77 w=320 h=240 mode=watermark float=left]Um grupo de motoristas de vans que fazem transporte alternativo de passageiros realiza um protesto, na manhã desta quarta-feira (21), em oito pontos do Estado. Eles bloqueiam várias rodovias em protesto contra as regras definidas pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) para a licitação de transporte complementares.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), desde a madrugada, os seguintes pontos estão bloqueados:

– BR 316, km 82 e 84 – perímetro urbano de Santana do Ipanema;

– BR 316, km 269 – em frente à escola Agrotécnica, no município de Satuba;

– BR 104, km 38 – em frente à entrada da Usina Laginha, em União dos Palmares;

– BR 104, km 91,8 – próximo à vila militar da aeronáutica, em Rio Largo

– BR 423, km 79 – em Delmiro Gouveia

– BR 101, km 76,7, próximo ao posto Flexa, em Rio Largo

– BR 101, km 132, próximo à usina Caetés, em São Miguel dos Campos.

Já nas primeiras horas da manhã, equipes da PRF deslocaram-se para os locais, o grupo de gerenciamento de crise do estado foi acionado e as negociações estão sendo articuladas.

Os motoristas usam as próprias vans para fechar as rodovias, o que provocam grandes congestionamentos. A categoria afirma que ainda não há uma estimativa de quanto tempo vai durar o movimento.

O protesto tem como objetivo a mudança das regras definidas pela Arsal para a licitação do transporte alternativo. Um decreto estabelece a licitação para regulamentar o transporte público intermunicipal, o que levaria a prejuízos à categoria.

“Somente vamos retirar os veículos das rodovias quando um representante da Arsal se reunir com a categoria e garantir que haverá mudanças no edital de licitação”, explicou o presidente da Associação dos Motoristas Autônomos de Atalaia (AMA), Robério Ferro, que coordena o bloqueio em Satuba.

A assessoria da Polícia Militar afirmou que o grupo de Gerenciamento de Crises já foi acionado para negociar com a categoria a liberação das rodovias.

 

Fonte: Tudo na Hora