Socorristas reencontram família que buscou atendimento no Samu para salvar bebê que se engasgou
Conteúdo publicado/enviado por: SAMU Com Thyeres Medeiros | Repórter Fotográfica: Carla Cleto em: 08/02/2022 às 15:29h.
Compartilhe com mais pessoas

Médico e enfermeira do Samu conversam com família de Noah sobre o caso

A emoção tomou conta do reencontro do médico João Paulo Lopes e da enfermeira Mirelle Torres com a família do pequeno Noah. Na semana passada, um bebê de apenas cinco meses de vida se engasgou enquanto dormia e a família decidiu pedir socorro dentro da Central Maceió do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas.

A avó da criança, Maria das Virgens, recebeu em casa a equipe do Samu para realizar o reencontro com os socorristas e agradeceu aos profissionais pelo atendimento prestado. “Fico muito feliz em poder rever o médico e enfermeira que salvaram a vida do meu neto. Se hoje temos o Noah conosco brincando e saudável, é graças a Deus e a eles”  agradeceu a avó.

Emocionado, João Paulo relembrou que o dia em que o resgate aconteceu, 3 de fevereiro, é registrado pela Igreja Católica como o dia de São Brás, de quem o médico também é devoto. O santo é considerado protetor da garganta e é popularmente chamado em casos de engasgo.

Mesmo prestando sempre o socorro quando necessário, os profissionais reforçaram a importância de ligar para o 192 em casos de emergência. “Com o nervosismo da situação, as pessoas não se lembram de ligar. As orientações que são passadas ainda por telefone podem fazer muita diferença”, ressaltaram os socorristas.

O caso – Médico regulador do Samu, João Paulo foi o primeiro a chegar na portaria do Samu, onde a avó e a babá chegaram para pedir atendimento para Noah, que havia se engasgado enquanto dormia. “Não pensei duas vezes: fui correndo e já recebi das mãos delas a criança, já com lábios roxos e irresponsiva”, relembra o médico.

A coordenadora de enfermagem Mirelle Torres, que executava serviços administrativos neste dia, também foi chamada para o atendimento e foi quem direcionou o pequeno Noah para uma das ambulâncias estacionadas no pátio da Central Maceió do Samu Alagoas. “Quando avaliei a cena, percebi que poderíamos precisar de equipamentos que só uma das nossas USAs [Unidades de Suporte Avançado] poderia disponibilizar. Foi lá que executamos o atendimento”, explicou Mirelle.

Depois dos procedimentos dentro da ambulância, ainda no estacionamento da Central Maceió do Samu Alagoas, Noah foi encaminhado para unidade pediátrica Santa Casa de Maceió para realização de exames. Ele foi levado na USA Neonatal, que funciona como uma UTI móvel para crianças.

Além de ser fora do comum, o pedido de socorro dentro da Central Maceió do Samu Alagoas, a ocorrência acabou sendo registrada, desde o início até o momento do encaminhamento hospitalar, por uma equipe de TV, que estava na unidade para produzir uma reportagem sobre os trotes recebidos pelo Samu. Pelas redes sociais, o repórter Alan Garcia descreveu a situação como “a mais emocionante ao longo dos seus 13 anos de profissão”.

Quando acionar o Samu – O Samu Alagoas funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, e pode ser acionado através de ligação gratuita pelo número 192. Além de atender pacientes com casos de engasgo, o serviço atua em ocorrências com vítimas de acidentes de trânsito, quedas da própria altura, ferimentos por arma branca e por arma de fogo, quedas, afogamentos e queimaduras.

O serviço também pode ser acionado para atender casos obstétricos, suspeitos ou confirmados de covid-19, casos de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Por meio do telefone 192 também é possível solicitar assistência para pacientes em surto psiquiátrico.

Tags:,