Violência e fatalidades no trânsito: SMTT irá promover série de palestras para motoqueiros delivery que atuam no município
O evento proporcionará proximidade da SMTT com profissionais que atuam no seguimento de delivery.
Conteúdo publicado/enviado por: Texto de Hugo Leonardo em: 27/08/2022 às 14:39h.
Compartilhe com mais pessoas

Acidentes que envolvem violência e fatalidades no trânsito trazem grandes preocupações com os altos índices de vítimas, quer sejam fatais ou não, são a terceira causa de morte no mundo. Com base nos dados da Who Road Safety.

A partir desses dados estatísticos globais, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), em são Miguel dos Campos/AL, poderá ter fundamentação estratégica para contra-atacar essa problemática e através do Departamento de Educação para o Trânsito, também, promover série de palestras, que podem ter o formato presencial e online (em caso de expansão); É importante entender que a realidade de acidentes e fatalidades no município, nessa categoria,  está assustando a população e preocupando as instituições competentes.

Em reunião na manhã de sábado (27), a Superintendência da SMTT, na pessoa do Sr. Anderson Minervino e do agente Robson em parceria com a ACEM (Associação de Comerciante e Empresário Miguelenses), realizou reunião extraordinária com empresário do ramo gastronômico para tratar da seguinte pauta:

1 Legalização, manutenção e ajustamento de motoqueiros que atuam como entregadores delivery nas categorias alimentação, água e gás e medicamento.

Visando combater irregularidades na atuação desses profissionais, a SMTT se prontificou em acenar que irá tomar série de medidas para que haja intensivos combates e minimização de irregularidades e acidentes de trânsito que envolvem esses profissionais. A começar com palestra que acontecerá na próxima quinta-feira às 9h; e a partir dessa palestra, seguramente, indicar a criação de instituição competente para abrigar, acolher esses profissionais, dando eles a segurança jurídica e social.

Já no primeiro momento de realização da palestra o motoqueiro profissional que atua em delivery receberá capacitação de como se deve trabalhar no seguimento e, certificado de participação, instrumento que irá ser de grande utilidade para o exercício da atividade.

Ainda na reunião os empresários presentes abraçaram a proposta da SMTT e também sugeriram que as instituições criem meios para organizar estruturalmente e logicamente uma base de dados que possam conter informações desses profissionais e dos locais onde eles atuam.

Estão convocados a participarem da palestra na quinta-feira todos os motoqueiros que atuam como delivery nas seguintes categorias de entrega de alimentos, de água e gás de cozinha e de medicamentos.

Não queremos ser rígidos, sim mantenedores da boa ordem no trânsito de forma que minimize irregularidades rotineiras como não uso instrumentos de segurança do motoqueiro até o mais alto grau que é o acidente em si, isso não queremos de forma nenhuma; sabemos que acontece, mas iremos contra-atacar para que não aconteça. Contudo iremos colocar em ação a nossa parceira com a atuação da PM para poder nos ajudar nesse sentido”, disse o superintendente Anderson Minervino. “É de imediata importância o constante diálogo sobre violência no trânsito com a sociedade em geral”, frisou.

A parceria com a ACEM

A presidente da ACEM Alezandra Rocha disse: “Nós estamos de portas abertas para poder colaborar com a SMTT nesse sentido, iremos fazer chamamento para que comerciantes da gastronomia sejam nossos associados e também iremos promover, ainda em fase de estudo, cadastramento desses profissionais que atuam como entregadores delivery. O que nós queremos é que não haja irregularidades com essa categoria e também desejamos que todos sejam prósperos no seu trabalho”.